quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

EU AMO OS DESPACHANTES! (OU: SOU BURGUESINHA MEEEESMO!)


Eu acredito que seja importante, muito importante, que os motores dos carros sejam verificados e não poluam o meio ambiente com fumaça preta & nojenta. Acho até que quem tem carro, como eu, deve ser responsável e pagar uma pequena taxa (acerca de R$ 57) para viabilizar uma vistoria. Tanto é que, possuindo um carro com placa de São Paulo, e sendo eu uma Fada Honesta & Mediamente Ambientalista, paguei minha taxa para o meio ambiente sem reclamar.
Mas isso não é suficiente, para a quadrilha da prefeitura da grande metrópole.
Eles estão acima da lei.
Eles estão querendo arrecadar mais & mais & mais.
Eles não respeitam a constituição.
Recebi, no dia 06 de janeiro, aviso de pagamento da dita taxa para o tal de meio ambiente.
Com aviso de que devo realizar a vistoria, pois o carro não é dos mais novos (2004).
Muito bem, continuando eu uma Fada Honesta & Mediamente Ambientalista, liguei para o número do SAC (pergunto: por que SAC? Significa Serviço de Atendimento ao Consumidor, e até onde eu sei, prefeitura não deveria ser Mercado, e eu deveria ser Cidadã, não Consumidora... mas tudo bem...).
Quem passa por esse Blog, tá cansado de saber que eu Vivo, trabalho e sinto muito calor em Black Stream, e não na Capital inundada & cheia de enxurradas...
Portanto.
Portanto, eu, Fada Honesta & Mediamente Ambientalista, liguei para perguntar onde, fora da Capital, poderia realizar a tal de vistoria em Black Stream (Detran? Oficina autorizada, mediante pagamento aumentado?).
NÃO.
NÃO.
NÃO.
A vistoria deve ser realizada única & exclusivamente na Capital, nos dias úteis, em horário comercial.
A F.d.P. explicou para o atendente que não pode, simplesmente, deixar de trabalhar para se deslocar com essa finalidade, mas que é Honesta & Mediamente Ambientalista, e gostaria de realizar a (bosta) da vistoria. O atendente, então, me deu um 0800 qualquer, para ter "mais informações".
Liguei.
Respondeu uma porcaria de voz gravada, dizendo que, como estava ligando "de fora da área", ninguém ia me atender.
Ponto. Sem mais números para perguntar.
Pois bem, pois bem, entrei no site e descobri que....
POSSO MUDAR MINHA RESIDÊNCIA!
Pensei: que bom, assim resolvo... INGENUIDADE!!!!
Em primeiro lugar: precisa comunicar com mais de um mês de antecedência em relação ao licenciamento (que vence 31 de janeiro, ahahah!) tal mudança.
Em segundo lugar: a mudança só pode ser feita PESSOALMENTE, mediante apresentação de ziliões de documentos carimbados & autenticados, somente em dias úteis & em horário comercial.
PROBLEMA 1:
recebi o aviso dia 06 de janeiro (como já disse) e, se a matemática (ainda) não for uma opinião, 31 menos 6 = 25.
Portanto: não haveria 30 dias úteis nem utilizando o calendário Azteca.
PROBLEMA 2:
continuo residindo, trabalhando & suando em Black Stream.
PROBLEMA 3 (e esse, eu acho, fere alguns "princípios" que todo mundo conhece, tipo... o direito de ir & vir?????)
ainda que conseguisse mudar a tal de residência, meu carro ficaria TERMINANTEMENTE PROIBIDO DE CIRCULAR PELOS RIOS (ohhh, desculpem, pelas ruas & avenidas...) da Capital.
A história continua...
Resolvi mudar de carro (independentemente da vistoria, viu? Por questões mesmo de consumo & quilometragem...).
Portanto.
Fui procurar um "ator social" denominado "vendedor de carro".
E, acreditem se quiser, a Capital PROIBE/IMPEDE/VETA a transferência dos documentos se a bosta da vistoria não for realizada na Capital, em dias úteis, em horário comercial.
Pedi a TODAS AS DIVINDADES (sou ecumênica, nesses casos) uma intervenção. Enquanto Fada (de Preto, Honesta & Mediamente Ambientalista), meus pedidos foram atendidos, e a Capital está desaparecendo debaixo de águas & raios.
A quadrilha da prefeitura vai ter muitos, muitos problemas, com seus eleitores.
Espero.
Desejo.
Ninguém vai mais poder sair da Capital, mudando de residência, trabalho & clima com seu carro, apesar de:
1) Ser honesto
2) Ser Mediamente Ambientalista
3) Estar disposto a realizar a vistoria
CONSIDERAÇÕES FINAIS:
Ainda bem que existe uma coisa chamada MÁFIA,
Ainda bem que existem despachantes.
Os despachantes agem aproveitando as falhas das quadrilhas das prefeituras.
É só pagar, que você nem precisa mais
1) fazer vistoria,
2) ser Honesto &
3) Mediamente Ambientalista.
E consegue, assim, vender o carro.
E quem for comprar, no ano que vem, mesmo morando longe da Capital, terá uma bela de uma dor de cabeça.
E nunca, nunca, poderá usar do direito de ir & vir da Capital com aquele carro.
Vou me embora, me procurem na Patagônia, que Otárias são melhores que prefeitos!
W O JEITINHO BRASILEIRO!
Sincerely yours,
Fada de Preto (Mediamente Honesta & Cada Vez Menos AMBIENTALISTA!)

Um comentário:

  1. Burguesinha, burguesinha
    Burguesinha, burguesinha
    Burguesinha
    Só no filé

    ResponderExcluir